Empresa


  • • HISTORIAL DA EMPRESA
    A Pintobar foi constituída em 1982, com a aquisição das instalações avícolas da SAMI - Sociedade Avícola do Minho, SARL, com sede em Cristelo – Barcelos, esta, inspirada pelo Sociólogo Padre Doutor Abel Varzim e constituída em 1960.

    Foram sócios fundadores da Pintobar, José Fernandes Cachada (em nome individual) e as sociedades Coelho & Coelho, Lda, J.A. Ferreira, & Cª Lda e Sousa & Costa, Lda.
    Estas três sociedades acabariam, volvidos cerca de oito anos, por cederem as suas quotas, dando entrada na Pintobar aos Manos Eduardo Amorim, Rita Amorim e Júlio Amorim, os quais, com o sócio fundador José Cachada, formam a actual estrutura social da empresa.

    A partir da entrada da família Amorim na Pintobar, idealizou-se e concretizou-se um arrojado plano de crescimento da empresa, normalmente corporizado por aquisições de empresas congéneres, resultando que actualmente esta empresa é a única produtora de pintos em toda a região situada a norte do Rio Douro, com um
    • ONDE EXERCEMOS A NOSSA ACTIVIDADE

    A PRODUZIR:


    a) Actualmente com 86 pavilhões avícolas, devidamente equipados com a mais moderna tecnologia, dispersos por dez concelhos do Norte do país, exploram-se cerca de 400.000 galinhas reprodutoras, garantindo-se o posto de trabalho a mais de 120 trabalhadores.
    b) No seguimento da linha de produção de ovos incubáveis, a Pintobar dispõe de quatro centros de incubação, também estes equipados com a mais avançada tecnologia, tais como as incubadoras Air Streamer, o sistema de vacinação “in-ovo” Inovoject da Embrex, contagem electrónica de pintos e em paralelo com o máximo respeito pela preservação ambiental.

    A ABASTECER O MERCADO:


    Os pintos por si produzidos são vendidos às mais notáveis empresas integradoras e abastecedoras do mercado de carnes de aves, localizadas em diversos pontos do País e nas Províncias espanholas de Galícia e Leão.
    Paralelamente também abastece de ovos incubáveis empresas produtoras de pintos das regiões autónomas dos Açores e Madeira.
    • POLITICA DE QUALIDADE
    A Pintobar é uma empresa cuja principal actividade é a produção e comercialização de Pintos do Dia.
    Para o exercício da sua actividade possui quatro centros de incubação e 86 pavilhões avícolas, contando com a colaboração de cerca de 120 pessoas no desenvolvimento da sua actividade.

    Para o abastecimento das suas principais matérias-primas, aves e ração a empresa recorre a fornecedores reconhecidos no mercado nacional.

    O abastecimento de água é feito através de captação própria e rede pública, sendo o abastecimento da sala de incubação feito unicamente através de água da rede pública.

    Com a implementação do sistema HACCP a empresa visa melhorar, não só os resultados técnicos mas principalmente a segurança do produto fornecido e simultaneamente dar cumprimento à legislação em vigor.
    Tendo em conta as exigências legais, referentes à segurança alimentar a Empresa Pintobar desenvolveu um SISTEMA DE SEGURANÇA ALIMENTAR com base na Metodologia HACCP.
    Previamente definiu-se um Programa de Pré-requisitos que visam controlar as condições operacionais, que no seu conjunto favorecem o estabelecimento de condições ambientais adequadas à produção de alimentos seguros, essenciais para desenvolver um sistema HACCP eficaz.

    Com a implementação do sistema HACCP a empresa visa melhorar, não só os resultados técnicos mas principalmente a segurança alimentar do produto fornecido e simultaneamente dar cumprimento à legislação em vigor (Regulamento n.º 852/2004 do Parlamento Europeu e do Conselho de 29 de Abril ).

    O Plano de Autocontrolo é o documento que caracteriza o Sistema de Segurança Alimentar implementado pela Empresa Pintobar :
    Neste documento está definido:
    • Política de Segurança Alimentar implementada;
    • Legislação Aplicável ao sector;
    • Estrutura da empresa;
    • Atribuição de Responsabilidades;
    • Definição dos Pré-requisitos ao sistema HACCP
    • Metodologia HACCP aplicada ao processo de fabrico (Hazard Analysis Critical Control Points)

    O metodologia HACCP, desenvolvida baseia-se nos sete princípios definidos pelo NACMF (National Advisory Committee on Microbiological Criteria for Foods) e aplicada de acordo com o estabelecido no Documento da FAO/WHO Codex Alimentarius Commission “Hazard Analysis and Critical Control Point (HACCP) System and Guidelines for its Application”, Apêndice ao CAC/RCP-1 (1969) Rev. 3 (1997).

    A Empresa Pintobar, define como Política de Segurança Alimentar o seguinte:
    Tendo em conta os seguintes factores:
    • O significado em termos de Saúde Pública das doenças causadas por alimentos;
    • O crescente interesse público, relacionado com a Segurança Alimentar;
    • Mudança da natureza das doenças causadas por alimentos, através de microrganismos patogénicos emergentes;
    • A complexidade crescente da cadeia alimentar;
    • Aumento significativo do comércio internacional dos alimentos.

    Para cumprir a política da qualidade a empresa compromete-se a :
    • Criar uma Equipa de Trabalho, cuja função e formação estão direccionadas para a área de Segurança Alimentar;
    • Identificar, avaliar e definir formas de controlo dos perigos associados ao processo;
    • Estabelecer e manter actualizado o Plano de Autocontrolo.
    • ORGANIGRAMA
    imagem: organograma.jpg
    Clique aqui para fazer o download do organograma da Pintobar
  •  

Home | Empresa | Notícias | Localização | Contactos

Copyright © 2007 Pintobar - Exploração Avícola | Desenvolvido por: Coolsis